MENU (L) (3)

Bola de Ouro - Valete 「LETRA」

Alfredo o espírito que ostentamos
Aspirante a ser o céu que contemplamos
Baluarte no seu auge
Tinha a arte de harmonizar o caos

#sanderlei #lyrics #TikTok #REMIX


Bola de Ouro 「LETRA」 - Valete

Alfredo o espírito que ostentamos
Aspirante a ser o céu que contemplamos
Baluarte no seu auge
Tinha a arte de harmonizar o caos

Eusébio do ébano
Contendas com Di Stéfano, elevam-no
Realização profética
Pó’ rei dos números a justiça é poética

Literatura de vitória
Edson na trajectória da fome pra glória
Visceral e leonino,


Deambula imortal entre o carnal e o divino

Johan, doutrina e mito
Akhenaton nas colinas do Egipto
Deus deu-lhe o vigor emprestado
Vigor temperado na tempestade

Diego, o imprescindível
Máxima provação de que a perfeição é possível
Desassossego e requinte,
Diego, a Bíblia do século 20

Onde arcanjos levitaram
Foi coroado Nazário onde os humanos falharam


O Outono das andorinhas
Monólogos nas quatro linhas

Voaram até serem de ouro (x2)

Zizou, o astro erudito
O tempo enforca-se pra ele ser infinito
Beleza esculpida
Quando flutuava, salvava-nos a vida

Auras alucinantes
Os pés de Ronaldinho são as mãos de Cervantes
Felicidade e poema
Espontaneidade é liberdade suprema



Em todas as galas
Kylian fez pássaros cantarem Maria Callas
Invulgar e tradicional
Condições pra um amor incondicional

Cristiano nos murais
A celebrar o temporal de proezas intemporais
O Inverno das Catalunhas
Não tem fãs, tem testemunhas

Lionel e a voracidade
Deus é uma necessidade
Anfiteatro fiel


São precisos 1000 génios pra esquecer Lionel

O jogo e a intimidade
Só milagres garantem unanimidade
Earling, redentor e réu
Não se pode voltar a terra depois do provar o céu

Voaram até serem de ouro (x2)